Natureza e Não-cidade

Recomecei o ano em uma visita nobre ao entorno natural da capital federal. Fui ao distrito de São Jorge, vinculado politicamente ao município também pequeno de Alto Paraíso do Goiás, estado o Goiás. Estrada boa (200km de ótimo asfalto + 10 km de ruim estrada de terra e buracos). Foram dias de relaxamento e muito banho de cachoeira. Dentre as reflexões não urbanas (pela falta de internet e de luz na pousada quase todos os dias) uma veio até Brasília. Será que precisamos desses ambientes de não-cidades para nos reafirmarmos enquanto seres citadinos? Para recomeçar o ano no blog, apresento algumas fotos dos primeiros dias do ano de 2013 na Chapada dos Veadeiros, nada de cidade. Se havia fumaça, não eram fabris, mas naturais.

Flores do Cerrado

Cerrado na essência

Trilha dos Cânions (Parque Nacional Chapada dos Veadeiros)

Cerradão de buritis, seca e água.

Trilha dos Cânions, Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Até o muro (ícone urbano) se rendeu ao mosaico natural. É não-cidade!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

II Colóquio de Pesquisas com Simulação Computacional no Ambiente Construído

Novos cursos de Simulação: ENVI-met e DesignBuilder

Reflexões sobre o bioma Cerrado