Faro, Portugal

A partir da rua da rodoviária, ferrovia a beira mar e uma marina pública
Pátio central da Escola de Hotelaria e Turismo de Faro, Portugal
Conheci uma das regiões mais tradicionais do litoral sul de Portugal, a região do Algarve. Foi uma viagem interessante pois permitiu que eu conhecesse Sevilla (a 2 horas de carro da cidade do Faro). A Universidade do Algarve, sediada na cidade do Faro, abrigou o 4 Congresso Luso Brasileiro de Planejamento Urbano, Integrado e Sustentável, onde apresentei dois trabalhos científicos, um sobre Desempenho Térmico de Teresina (sobre o meu mestrado) e outro sobre a Expansão Urbana do DF (atividades do doutorado).



Fomos recebidos com muita pompa e educação pelos nossos colegas portugueses. A recepção oficial do evento deu-se na Escola de Hotelaria do Faro, um edifício neocolonial com pátios internos que fica à beira do rio Douro. A chegada foi uma surpresa, pois subimos as escadas e ao chegar no pátio superior, tinham mesas com doces portugueses, queijos e vinhos da região, o que foi a parte mais difícil do evento...

Marca das muralhas da cidade de Faro árabe e medieval.








Ainda na mesma noite, o nosso grupo de brasileiros animadíssimo saiu caminhando pelas ruas do centro antigo, que possui muitas construções da origem da cidade, que foi uma das mais ricas de Portugal ocupada pelos árabes como quase toda a costa da Espanha também, hoje um tanto esquecida pois a cidade tornou-se de veraneio e universitária (parte nova). Nós éramos os únicos pedestres do lugar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

II Colóquio de Pesquisas com Simulação Computacional no Ambiente Construído

Novos cursos de Simulação: ENVI-met e DesignBuilder

Reflexões sobre o bioma Cerrado